Quarta-feira, 24 de maio de 2017
Fale conosco
Clipping

Fazer exercício em casa pode ser perigoso; saiba quais cuidados devem ser tomados  

Sem precisar enfrentar a chuva, o trânsito e nem as conversas sobre whey protein, a ideia de comprar alguns halteres, um tapete de pilates e encontrar uma série de exercícios gratuita a poucos cliques de distância pode parecer tentadora. 

Instrutores no YouTube chegam aos milhões de seguidores, como a americana Cassey Ho, que criou o estilo POP Pilates. (...)

Apesar de a instrutora ser certificada e insistir para o espectador prestar atenção na postura, corrigir a coluna e fazer uma pausa caso o músculo ‘x’ ou ‘y’ esteja doendo, Jorge Steinhilber [CREF 000002-G/RJ],  presidente do Conselho Federal de Educação Física, alerta que apenas um profissional presente consegue perceber se a postura está perfeita. “As pessoas não têm condições de identificar qual intensidade e peso devem ser aplicados e, principalmente, se o exercício está sendo feito da maneira correta. Não dá para saber se você está sobrecarregando um lado ou outro, uma musculatura, uma articulação”, alerta.

O especialista afirma que as consequências de um exercício mal feito podem ser graves e, o pior, perceptíveis só no futuro. “Você pode sofrer consequências 20, 30 anos depois, principalmente na coluna. Posso não perceber que estou com um problema nas vértebras e daqui alguns anos sofrer muito por isso. ”(...) 

Fonte:  Estadão

O Conselho Legislação Sistema CONFEF/CREFs Registrados Inscrição/Registro Comunicação Utilidades Eleição CONFEF 2016