Sexta-feira, 28 de abril de 2017
Fale conosco
Nº 131 - Fevereiro 2014
Boletim Eletrónico do CONFEF
Ação itinerante leva atendimento aos estados de Pernambuco e Alagoas

O CREF12/PE-AL realiza no mês de fevereiro ações itinerantes nas cidades de Caruaru (PE) e Penedo (AL). Em Caruaru a ação ocorre nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro na sede da Secretaria de Educação e Esportes, em Santa Rosa. Já em Penedo, o atendimento será realizado na 9ª Coordenadoria Regional de Ensino (9ªCRE) nos dias 18, 19 e 20 do mesmo mês.

Os profissionais dos municípios circunvizinhos devem aproveitar a oportunidade para se regularizar junto ao CREF12/PE-AL. Mais informações sobre os endereços e horários de atendimento, podem ser obtidas através do site do CREF12/PE-AL.

Fonte: CREF12/PE-AL

“Operação Verão” percorre praias da capital baiana

Desde janeiro a equipe de fiscalização do CREF13/BA-SE vem percorrendo os bairros da orla de Salvador (BA) durante a Operação Verão. A ação notificou ao todo, cinco pessoas flagradas no exercício ilegal da profissão e sete estudantes trabalhando de forma irregular.  Nesse período foram fiscalizados 29 clubes de corrida e treinamento funcional.

"O compromisso do CREF13-BA/SE é com a sociedade. Precisamos garantir que a população seja atendida por Profissionais habilitados e registrados no Sistema CONFEF/CREFs. A preocupação nesta Operação deve-se, principalmente, ao fato de que a maioria dos usuários deste tipo de modalidade, Clube de Corrida ou Treinamento Funcional na praia, praticam atividade física de forma regular somente no verão, aumentando os riscos de lesões”, afirmou o Supervisor do Departamento de Orientação e Fiscalização do CREF13-BA/SE, Jehorvan Melo [CREF 000757-G/BA].

Fonte: CREF13/BA-SE
Antropometria é tema de livro recebido pela Biblioteca CONFEF

A biblioteca CONFEF recebeu mais uma obra para a coleção. Com uma abordagem moderna e objetiva, Antropometria Aplicada à Saúde e ao Desempenho Esportivo: uma Abordagem a partir da Metodologia ISAK explora os conceitos sobre Antropometria, fazendo um passeio pela história e evolução das medidas no corpo humano, desde os seus primórdios até os dias atuais.

O livro de André Luiz Lopes [CREF 008061-G/RS] e Gustavo dos Santos Ribeiro[CREF 009750-G/RS] irá, sem dúvida, enriquecer o nosso acervo.

Projeto FIFA pela saúde é apresentado em Natal (RN)

O CREF10/PB-RN esteve presente na solenidade de abertura do Projeto FIFA pela Saúde, realizada no dia 10/02 pelo Centro de Pesquisas e Avaliação Médica da FIFA (F-MARC). O encontro em Natal (RN) reuniu representantes do Ceará, Pernambuco, Bahia e Rio Grande do Norte, em delegações de 22 pessoas, constituídas principalmente por Profissionais de Educação Física que atuam em escolas públicas.

As atividades acontecerão durante cinco dias, todas desenvolvidas em tempo integral nas dependências do Instituto Federal do Rio Grande do Norte. O evento é coordenado pelo Conselheiro Regional Roberto Cabral [CREF 000009-G/RN] e tem o Presidente do Sindpef-RN, João Pessoa, como articulador local na Prefeitura.

O Projeto 11 pela Saúde vem sendo realizado nos países que sediam a copa do mundo com o objetivo de ensinar crianças sobre hábitos saudáveis e implantá-lo de acordo com a necessidade de cada país. . O programa foi lançado em 2009 e já chegou a 19 países, beneficiando 50 mil crianças. O objetivo é levá-lo às 12 sedes da Copa do Mundo da FIFA 2014 no início do próximo ano.

Fonte: CREF10/PB-RN
Projeto que exige professor de Educação Física no ensino básico vai a Plenário

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado aprovou no dia 11/02, o projeto de lei que prevê que a Educação Física em todas as etapas da Educação Básica seja ministrada exclusivamente por Profissionais de Educação Física licenciados na área.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) flexibiliza o requisito na educação infantil e nas quatro primeiras séries do ensino fundamental. Nessas etapas, tanto o professor de educação quanto os das demais disciplinas podem ter formação de nível médio.

“Devido a essa abertura, é comum que professores sem qualificação específica assumam a responsabilidade pela prática do componente curricular nessa fase da educação básica, colocando em risco a saúde física e cognitiva dos discentes”, destacou o relatório lido pelo senador Lindbergh Farias, com recomendação favorável. Para o relator, a adoção da exigência do Profissional também para as séries iniciais é justificável em razão da relevância da formação motora na primeira infância e da necessidade do processo ser conduzido por profissionais com qualificação específica.

Cristovam Buarque, ao apoiar a proposta, observou que a solução para a carência de professores e outros problemas da educação básica é a federalização dessa etapa de ensino.

Com origem na Câmara dos Deputados, apresentado pelo deputado Otávio Leite, o PLC 116/2013 sugere o prazo de cinco anos, a partir da vigência da lei, para que estados e municípios implantem a medida. Se o texto for confirmado no Plenário sem alterações, será enviado em seguida à sanção da presidente Dilma Rousseff.

Fonte: Senado Federal
Atenção:
O Conselho Federal de Educação Física - CONFEF
não envia mensagens eletrônicas não autorizadas, sendo terminantemente contra qualquer prática de Spam.