Sexta-feira, 28 de abril de 2017
Fale conosco
Nº 43 - Abril de 2010

Boletim Eletrônico - Nº 43
Encontros em Caxias do Sul

Nos dias 23 e 24 de março, o presidente do CONFEF, Prof. Jorge Steinhilber, participou de um encontro com estudantes e profissionais para falar sobre a intervenção do Profissional de Educação Física frente aos novos desafios. O tema é bastante atual, especialmente para esta década que se inicia, na qual o Brasil sediará os principais eventos esportivos do planeta. O evento aconteceu na Universidade de Caxias do Sul.

Ainda no município gaúcho, o Prof. Steinhilber, juntamente com o presidente do CREF2/RS, Prof. Eduardo Merino, foi recebido pelo prefeito de Caxias do Sul, José Ivo Sartori, no dia 24 de março. Na reunião (foto), foram abordados temas como a Conferência Municipal de Esporte e o investimento da prefeitura local em ações focadas em atividades físicas e esportivas, assim como em instalações de academias ao ar livre.
Fonto:Andréia Copini
CREF2/RS elege nova diretoria

Na segunda quinzena de março, tomou posse a nova Diretoria do Conselho Regional de Educação Física da 2ª Região (CREF2/RS). A nova gestão se propõe a um trabalho participativo, transparente, com ênfase na fiscalização e estudos que viabilizem, cada vez mais, o bom funcionamento administrativo e técnico do Conselho, bem como o compromisso político com o atendimento às demandas que envolvam a atuação do Profissional da Educação Física.

DIRETORIA 2010-2012

Presidente – Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS)
1ª Vice-Presidente – Miria Suzana Burgos (CREF 001566-G/RS)
2ª Vice-Presidente – Álvaro Laitano da Silva (CREF 000006-G/RS)
1º Secretario – José Edgar Meurer (CREF 001953-G/RS)
2º Secretario – Giovanni Bavaresco (CREF 001512-G/RS)
1ª Tesoureira – Carmen Rosane Masson (CREF 001910-G/RS)
2º Tesoureiro – Leomar Tesche (CREF 000129-G/RS)

Fonte: CREF2/RS
A luta contra a obesidade infantil

Estratégias para motivar as crianças a perder peso, melhorar sua alimentação e, de quebra, aumentar os níveis de exercícios físicos têm sido o foco de vários estudos. Um deles, da Escola de Medicina de Baylor, EUA, acompanhou mais de 50 estudantes. Parte dos alunos foi orientada a desenvolver programas de exercícios físicos monitorados pelos pais, enquanto a outra parte teve acompanhamento de um instrutor de Educação Física.

No primeiro caso, os alunos eram orientados na escola durante três meses, uma vez por semana, e tinham como material de apoio um livro de autoajuda e um caderno de anotações para indicar suas evoluções. Paralelamente, o outro grupo tinha uma aula extra de Educação Física (acompanhada por instrutores), quatro vezes por semana, além de palestras sobre nutrição. Após seis meses, o segundo grupo mostrou uma diminuição de peso significante, além de melhores níveis de qualidade de vida. O grupo foi monitorado novamente após um ano e, mais uma vez, dois anos após o término do estudo. Os resultados mostraram uma manutenção da diminuição do peso, ao contrário dos alunos que haviam participado do programa auto-orientado.

De acordo com os pesquisadores, os resultados preliminares sugerem que programas de manutenção do peso feitos dentro das atividades escolares poderiam atingir efetivamente uma grande quantidade de crianças e refletir sobre a qualidade de vida em longo prazo desses indivíduos.

Fonte: Expresso MT
Agradecimentos

O CONFEF agradece aos Profissionais de Educação Física Prof. Hani Awad (CREF 004655-G/PR) e José Ricardo Rezende (CREF 001265-G/SP) pelo envio dos livros “Educação Física Escolar – Múltiplos Caminhos” e “Código Brasileiro de Justiça Desportiva Anotado e Legislação Antidoping”, respectivamente.

Segundo o Prof. Awad, organizador da obra sobre a Educação Física Escolar – tema do Biênio 2009-2010 lançado pelo Sistema CONFEF/CREFs –, o objetivo do livro é oferecer diferentes possibilidades físico-educativas que contribuam para a reflexão, estimulação e construção de um conhecimento participativo e criativo acerca do tema principal. Para isso, o livro é composto por 12 capítulos teóricos e práticos escritos por 15 profissionais que atuam no ensino superior e possuem larga experiência na área escolar. Para saber mais sobre a obra ou como adquiri-la, entre em contato com o autor pelos telefones (45) 3327-1304 / 9965-5932, ou pelo site www.hani.pro.br.

Já o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, consulta indispensável para os Profissionais de Educação Física, acaba de passar por sua segunda reforma. Por isso, de acordo com o organizador da obra, Prof. José Rezende, que também é advogado, “todas as competições desportivas deverão utilizar o livro atualizado para fins de processamento e julgamento das infrações disciplinares e relativas ao desenvolvimento das próprias competições”. Para saber mais sobre o CBJD e as formas de aquisição, acesse www.cbjd.com.br.