Quarta-feira, 16 de agosto de 2017
Fale conosco
Nº 66 - Abril 2011

Fiscalizações pelo Brasil

O ano mal começou e as ações de fiscalização dos Conselhos Regionais de Educação Física (CREFs) continuam a todo vapor. Alguns CREFs autuaram pessoas exercendo ilegalmente a profissão em academias, conseguiram alterar editais de concursos públicos e, até mesmo, impediram que profissionais ligados ao futebol, com situação irregular no Sistema CONFEF/CREFs, entrassem em campo para comandar suas equipes.

Ações estas que ganharam as mídias locais de diversas regiões do país, servindo para valorizar os serviços prestados pelos profissionais de Educação Física habilitados, além de, é claro, proteger a sociedade quantos aos riscos que possam ser causados à saúde.

Clique AQUI e confira algumas ações realizadas pelos Conselhos Regionais.
Londres 2012 falha em atrair novos esportistas

Organizadores querem convencer 1 milhão de ingleses a praticar esportes três vezes por semana

Quando Londres foi escolhida para sediar os jogos olímpicos de 2012, os organizadores definiram uma meta ambiciosa: envolver mais 2 milhões de pessoas em esportes e atividades físicas na Inglaterra. Porém, a menos de 18 meses das Olimpíadas, esse compromisso lembra um solitário corredor ofegante, curvado e cansado de uma resolução de Ano Novo cuja ambição não pôde ser cumprida por falta de empenho.

O desafio original de Londres teve de ser modificado. Agora, os organizadores planejam convencer 1 milhão de pessoas na Inglaterra a praticar esportes três ou mais vezes por semana, durante pelo menos 30 minutos. Só que até mesmo a meta do "plano 3x30” vem se mostrando ilusória.

Números divulgados em dezembro pela agência governamental de desenvolvimento do esporte no país, a Sport England, indicaram que a participação no nível 3x30 havia aumentado em 123 mil pessoas desde 2007, quando foi estabelecido o parâmetro de 1 milhão. No ano passado, porém, esse número aumentou em apenas 8 mil pessoas. No ritmo atual, a meta de 1 milhão de novos participantes não seria atingida em 2013, como se esperava, mas somente uma década depois, em 2023-24.

Enquanto isso, num país que figura entre os mais obesos da Europa, a quantidade de sedentários parece continuar a crescer. Pesquisas da Sport England indicam que o número de adultos que não praticam nenhuma atividade esportiva aumentou em quase 300 mil desde 2005, quando Londres foi declarada sede das Olimpíadas até 2012, até o outono de 2010.

Clique AQUI e continue lendo a matéria.

Fonte: veja.com.br
Pessoas que têm cachorro se exercitam mais, diz pesquisa

Se você procura a última palavra em equipamentos de exercício domésticos, considere algo com quatro pernas e um rabo que balança. Vários estudos mostram que cachorros podem ser grandes motivadores para que as pessoas se mexam. Seus donos não apenas têm maior tendência a fazer caminhadas regulares como também novas pesquisas apontam que quem anda com um cão é mais ativo de forma geral comparado às pessoas que não possuem um.

Uma pesquisa descobriu inclusive que as pessoas mais velhas têm maior tendência a fazer caminhadas regulares se o companheiro de passeio for canino em vez de humano. “Você precisa andar e seu cachorro também", diz Rebecca A. Johnson, diretora do Centro de Pesquisas da Interação Homem-Animal da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade do Missouri. “É bom para os dois lados da guia”.

Na semana passada, pesquisadores da Michigan State University relataram que, entre os donos de cachorros que levavam seus bichos para caminhadas regulares, 60% atendiam ao critério federal de exercícios moderados ou vigorosos. Quase metade das pessoas que caminhavam com seus cães se exercitava uma média de 30 minutos por dia, pelo menos cinco dias na semana.

Clique AQUI e continue lendo a matéria.

Fonte: Folha Online
Lista de substâncias proibidas

Preocupado com a saúde dos praticantes de atividades físicas e esportivas para fins de rendimento e competição, o Ministério do Esporte publicou a Resolução Nº 30, de 17 de dezembro de 2010, aprovando a lista de substâncias e métodos proibidos na prática desportiva.

A Resolução, em vigor desde o dia 1º de janeiro deste ano, de acordo com as normas preceituadas no Código Mundial Antidoping da Agência Mundial Antidoping (AMA), está disponível no Portal CONFEF.

Clique AQUI para visualizar.