Sexta-feira, 18 de agosto de 2017
Fale conosco
Nº 115 - Junho 2013
Boletim Eletrônico do CONFEF
CREF SC investe na formação profissional com os Seminários Regionais
Com a proposta de integrar os profissionais de Educação Física e debater a Profissão, 18 cidades de Santa Catarina receberão até o final de agosto, os Seminários Regionais de Educação Física. O objetivo é promover a qualificação e o aperfeiçoamento dos profissionais que atuam em diferentes espaços, abrangendo as 36 Secretarias de Desenvolvimento Regional de Santa Catarina.

Os seminários são voltados aos professores de Educação Física das Redes Municipal, Estadual e Particular de Ensino, além dos profissionais que atuam na Promoção da Saúde e da Qualidade de Vida das populações locais. O seminário realizado no último mês nas cidades de Mafra e Jaraguá do Sul contou com a presença de mais de 450 pessoas.
Confira a programação e inscreva-se neste link.

Fonte:CREF3/SC
Prefeitura de Salto do Céu (MT) exige registro em concurso
Os candidatos à vaga de Profissional de Educação Física na Prefeitura de Salto do Céu (MT) deverão ter registro no Conselho, conforme indica nova retificação do edital.

A correção se deu em resposta ao ofício do CREF11/MS-MT que solicitou a mudança. De acordo com a retificação assinada pelo presidente da Comissão Organizadora da seleção, Mauto Teixeira Espindola, “fica esclarecido que para concorrer ao cargo de Professor de Educação Física do edital 001/2013 da prefeitura de Salto do Céu, o candidato deve possuir ensino superior na área e registro no Conselho de Classe.”

Fonte: CREF11/MS-MT
CREF5 divulga balanço de fiscalização do mês de maio

No mês de maio a equipe de fiscalização do CREF5 acompanhou de perto as cidades de Itaiçaba e Fortaleza, no Ceará. As visitas foram feitas em academias, escolas e centros esportivos. Com registro no Conselho foram contabilizados 36 profissionais, além de cinco pessoas jurídicas.

Na seccional Maranhão, as visitas foram realizadas em São Luís, Vargem Grande, Itapecuru, Chapadinha, Brejo, Anapurus e São Bernardo. Foram alvos da fiscalização academias, profissionais, além dos Jogos Escolares Maranhenses (JEM’S). Ao fim da vistoria foram contabilizados oito profissionais e 15 pessoas jurídicas registradas. O número de não-registrados no Conselho foi maior, calculando-se 53 pessoas jurídicas e duas pessoas físicas.

Fonte: CREF5
Academias em Campina Grande (PB) são notificadas em fiscalização feita pelo CREF10

No último mês de maio, o CREF10/PB-RN visitou e notificou 15 estabelecimentos prestadores de serviços em atividade física na cidade de Campina Grande (PB).

Entre as irregularidades constatadas foram descobertos estagiários em situação irregular, profissionais atuando sem registro, estabelecimentos sem Profissional de Educação Física para acompanhar os alunos, ausência de certificado de credenciamento de pessoa jurídica no CREF, profissionais sem portar a Cédula de Identidade Profissional, além de pessoas exercendo ilegalmente a profissão.

Foi acordado entre as partes, através do registro das notificações, um prazo de 15 dias para regularizar sua situação junto ao Conselho. Caso esse prazo não seja cumprido, os responsáveis responderão junto ao setor jurídico do Conselho ou demais órgãos.

Fonte: CREF10
CREF3 discute Qualificação Profissional com Instituições de Ensino de SC

Coordenadores e representantes dos cursos de Educação Física de 18 Instituições de Ensino de Santa Catarina participaram do Seminário Qualificação Profissional em Educação Física realizado pelo CREF3/SC. O evento foi realizado em Florianópolis.

O objetivo do evento foi discutir e propor a qualificação profissional, consolidando um Plano Plurianual Integrado para a Educação Física, bem como aproximar os interessados no desenvolvimento da Educação Física. A programação contou com palestras sobre Educação Física, Esportes e Inovação, ministrada pelo Prof. Dr. Lamartine Pereira da Costa [CREF 000118-G/JR]; Educação Fisica, Saúde e Qualidade de Vida, proferida pelo Prof. Dr. Markus Vinicius Nahas [CREF 000150-G/SC]; Formação Profissional na Educação Física, pela Profª Dra. Iguatemy de Lucena Martins [CREF 000001-G/PB] e Formação Continuada em Educação Física, ministrada pelo Prof. Dr. Juarez Vieira do Nascimento [CREF 000037-G/SC].

Fonte: CREF-SC

Professores da Rede Pública Municipal de Ensino em São Paulo devem se registrar até o dia 1º de setembro
Os Professores de Educação Física do Ensino Fundamental II e Médio das escolas municipais de São Paulo têm até o dia 1° de setembro para apresentar o registro ou requerimento no Sistema CONFEF/CREF junto ao diretor da sua respectiva unidade escolar. A determinação, publicada no Diário Oficial de São Paulo no último dia 03/06, cumpre a decisão judicial da Ação Civil Pública do Conselho contra o município.

No âmbito estadual, por meio de comunicado do dia 08/05, ficou determinado a todos os docentes da disciplina de Educação Física da Educação Básica, em atuação na Rede Pública Estadual, a também obrigatoriedade do Registro Profissional.

Clique aqui e veja a íntegra do Comunicado nº 787.

Fonte: CREF4/SP
Justiça determina a exigência do registro de técnicos em jogos escolares no Rio Grande do Norte
A 1ª Vara da Fazenda Pública do Rio Grande do Norte determinou que o Estado, através da Secretaria de Educação e Cultura (SEEC), exija os registros dos profissionais que atuarão nos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (JERN's) e do Campeonato de Escolas Estaduais e Municipais (CEEM's). A determinação é resultado de solicitação feita pelo CREF10, seccional Rio Grande do Norte.

Ainda de acordo com a determinação, os profissionais devem ser graduados em Educação Física, ter registro no CONFEF/CREF e pertencer legalmente ao quadro funcional do estabelecimento de ensino que o inscreveu. O CREF/RN enviará representantes aos eventos para que sejam feitas fiscalizações.

O exercício da função de um profissional registrado está prevista no art.23 do Regulamento Geral do JERN's 2013 e no art.22 do Regulamento Geral do CEEM's 2013, porém a ação reforça essa obrigatoriedade.

Fonte: Tribuna do Norte
Projetos que valorizam a Educação Física são aprovados em Maringá (PR)
A administração municipal de Maringá (PR) irá oferecer, gratuitamente, à população, nos centros esportivos, centros comunitários e estabelecimentos de ensino, aulas de atletismo, de Educação Física para a terceira idade, defesa pessoal, entre outras. É o que prevê um projeto de lei aprovado nesta terça-feira 11/06, em primeira discussão, na Câmara de Vereadores. As atividades serão realizadas nos centros comunitários dos bairros onde não houver centros esportivos ou escolas municipais com quadra ou espaço adequado.

Os vereadores aprovaram ainda, em primeira discussão, outro projeto que prevê a criação de escolas de esportes nos centros esportivos municipais. De acordo com a proposta, o corpo docente será composto por técnicos e professores de Educação Física das secretarias de Educação e Esportes e Lazer. Também poderá ser feito convênio com instituições de ensino para a utilização de estagiários de Educação Física.

A intenção desses projetos é incentivar a prática regular de atividade física na cidade.

Fonte: Câmara Municipal de Maringá
Atenção:
O Conselho Federal de Educação Física - CONFEF 
não envia mensagens eletrônicas não autorizadas, sendo  terminantemente contra qualquer prática de Spam.